HOME

Prezado participante,

Baixe o seu Certificado de participação no Cobem 2014 clicando neste link.

A Associação Brasileira de Educação Médica (ABEM) promoverá, no período de 31 de outubro a 03 de novembro de 2014, o 52º CONGRESSO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO MÉDICA (COBEM).

Desejamos, na ocasião, compartilhar as informações produzidas e propiciar a participação ampla dos associados nos desdobramentos dos projetos “Processo de Avaliação (teste de progresso e CAES)”, “Capacitação Docente”, “Ensino de Urgência e Emergência” e “Internato Médico”, desenvolvidos em comemoração aos 50 anos da Associação e aos 10 anos das Diretrizes Curriculares. A ABEM vem trabalhando exaustivamente nestas temáticas e consideramos de extrema importância que todos os associados possam envolver-se e participar do debate, no momento em que se discutem alternativas para o ensino médico.

As mudanças a serem implantadas no curso de medicina e na residência médica, para atender as demandas das últimas medidas governamentais, exigem uma ampla discussão da sociedade, produzindo sugestões e críticas que contribuam para a formação adequada dos médicos e o aprimoramento do sistema de saúde, orientadas às necessidades da população. Assim, nada melhor que usar o espaço fornecido pela ABEM em seu congresso brasileiro para que docentes e estudantes possam debater amplamente estas medidas, O COBEM e a Associação Brasileira de Educação Médica têm papel agregador e indutor do processo de transformação da sociedade na medida em que contribuem para a melhoria do ensino e da formação de bons médicos, que com sua atuação transformarão a sociedade para a qual foram preparados para prestar assistência de excelente qualidade.

O momento histórico atual deposita grande responsabilidade sobre todos os envolvidos com o ensino médico. É preciso vivenciar as mudanças, avaliar seu impacto dentro e fora das escolas médicas e aprimorar o que for preciso. A expectativa para o COBEM 2014 é de um evento de expressiva participação, havendo previsão da presença de 3.000 congressistas.