Ballet Bolshoi

Bolshoi Brasil leva a arte da dança ao Congresso Brasileiro de Educação Médica

O mês de outubro reserva um espaço cheio de arte aos participantes do 52º Congresso Brasileiro de Educação Médica, que será realizado em Joinville/SC.

No dia 31 de outubro, às 20h, na Expoville, a Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, única filial do Teatro Bolshoi russo, é a atração principal na abertura do evento, com o espetáculo Gala Bolshoi.

Gala Bolshoi é formado por um conjunto de coreografias diversificadas que fazem parte do repertório da instituição. As apresentações são compostas por dança contemporânea, dança folclórica e trechos de renomados balés de repertório que proporcionam ao público diferentes tipos de sensações e uma mistura de ritmos contagiantes. As coreografias da Gala destacam o principal talento de cada um dos bailarinos, levando ao público o resultado do trabalho diário realizado pela instituição.

Na apresentação também serão executadas as danças polovitzianas extraídas da ópera “O Príncipe Igor” que são de grande beleza e entusiasmo.

Danças polovitzianas da ópera “O Príncipe Igor”
A ópera foi iniciada em 1869 e só foi finalizada após a morte de seu compositor, o russo Alexander Borodin. O libreto origina-se do livro “A Saga do Exército de Igor”, que narra um episódio de invasão do sul da Rússia no século XII por um povo bárbaro e nômade conhecido como polovitzianos.
A primeira versão das danças polovitzianas foi coreografada por Mikhail Fokine e teve sua estréia em 19 de março de 1909, provocando um forte contraste às tendências da época. A versão apresentada pela Escola do Teatro Bolshoi no Brasil é de Kasyan Goleyzovsky, outro famoso coreógrafo russo.

O balé acontece no acampamento dos polovitz, que acabaram de conquistar uma vitória sobre a tribo tarta, tendo o príncipe Igor e seu filho como seus reféns, e por sua condição são tratados com honras.
Guerreiros surgem no cenário, o qual representa uma árida paisagem típica do nordeste asiático, e dançam em comemoração à vitória sobre seus inimigos. As coreografias fazem parte do segundo ato da obra, inspirada nas músicas do povo polovitz, habitantes da Ásia Central.

As danças polovitzianas evidenciam o corpo de baile. A remontagem da Escola Bolshoi contou com a experiência de todos os mestres russos, que viveram esses personagens no Teatro Bolshoi.

Projeto referência em educação, cultura e cidadania

A Escola do Teatro Bolshoi no Brasil é um projeto cultural em pleno desenvolvimento, cuja grandeza se verifica pela extensão social, dimensão cultural e pela abrangência educacional que alcança com seus propósitos e atividades. Uma verdadeira ponte cultural entre o Brasil e a Rússia. Instalada na cidade de Joinville, no estado de Santa Catarina, desde 15 de março de 2000, a Escola do Teatro Bolshoi no Brasil é a única extensão do Teatro Bolshoi no mundo e pela primeira vez, o Teatro transfere a outro país o método de ensino de balé que o tornou uma das mais respeitadas instituições do mundo.

Buscando a melhor formação, garante o acesso de crianças ao mundo da cultura, ampliando seus horizontes. A sua missão é formar artistas-cidadãos, promovendo e difundindo a arte-educação. Com 14 anos de implantação no Brasil, a primeira Escola do Teatro Bolshoi, educa 325 alunos, sendo 274 dos cursos técnicos e básico e os demais do curso de formação continuada. A instituição também concedeu 100% de bolsas de estudo para todos os alunos do curso técnico.

Além de ensino gratuito, os alunos recebem benefícios como alimentação, transporte, uniformes, figurinos, assistência social, orientação pedagógica, assistência odontológica preventiva, atendimento fisioterápico, nutricional e assistência médica de emergência/urgência pré-hospitalar. Para isso devem apresentar bom rendimento na Escola Bolshoi e também no ensino médio e fundamental, pois a ausência de boas notas implica na perda da bolsa de estudo no Bolshoi. Os alunos recebem educação, aprendem uma profissão, exercitam responsabilidade e constroem cidadania.

Escola do Teatro Bolshoi no Brasil
Albenize Ballen Bueno
Coordenadora de Comunicação
Bruna Agnoletto Horvath
Estagiária de Comunicação
(47) 3422-4070 ramais 232 – 216
(47) 7813 -9857 ID 936*18982
imprensa@escolabolshoi.com.br

Principe Igor_creditos VAnderleia Macalossi